Páginas

terça-feira, 11 de maio de 2010

Pitacos do Oscar.

Oscar também respondeu minhas perguntinhas aqui no blog dele então ctrl V ctrl V nas perguntas e cá estão...
Valeu Oscar... vamos lá.


1. Quantas sessões de psico e de nutri você fez antes da ciru?
Poucas. Umas 5 de psicóloga e 4 de nutricionista. Acho que ambas as especialidades são de extrema importância no processo de adaptação, então recomendo a todo mundo fazer mais sessões. Pra mim foi tudo bem fácil, mas sei lá, se preparar nunca é demais.


2. Como foram as sessões com a psico?
Como eu já freqüentava uma psicóloga (à qual, aliás, eu preciso voltar), e ela já vinha me preparando antes mesmo de eu decidir fazer a cirurgia, estas sessões foram apenas uma continuação de uma terapia. Os trabalhos específicos foram bem reduzidos, porque ela já conhecia bastante de mim. O principal foi mesmo o entendimento do conceito de substituir os prazeres do excesso de comida por outros prazeres mais saudáveis. Simples assim.

3. Como foram as sessões com a nutri?
Também foram bastante simples. Eu comecei aprendendo a mastigar devagar (foi um longo treino, e eu ainda preciso melhorar nisso). Isso significou literalmente contar o número de mastigações a cada bocado, cronometrar o tempo de cada refeição e tentar fazer ajustes para melhorar ambos os números. Perdi 4kg durante este processo. Depois de duas ou três sessões veio o meu pesadelo não concretizado: Ela veio me explicar sobre o temido DUMPING (se você manja de inglês, o wiki em inglês dá de lavada no brasileiro. Olha só). O pânico se instaurou, mas eu tive a sorte de não sofrer disso. Porém, acho importante se preparar para ele. E na última sessão antes da cirurgia foi a explicação DETALHADA de como seria minha alimentação no primeiro mês após a cirurgia. Desnecessário ressaltar que o acompanhante/apoio precisa estar junto, né?

Enfim, um pouco mais assustador, mas é pouco.

4. Você teve que passar por alguma dieta antes da cirurgia?
Dieta propriamente não. Eu era um cara relativamente saudável para 140kg, não tinha complicações sérias nem nada disso. Mas eu tive que me preparar, me reeducar. Imagina se eu não fizesse a preparação mastigatória que eu contei pra vocês acima? eu teria me entalado 350% mais, tenho certeza. E, se eu pudesse escolher, eu não teria entalado nenhuma vez, isso é horrível. Lição aprendida: Se esforcem nessa parte. Ela é chata, mas vale a pena.

5. Você treinou mastigação? Como foi? Como deve ser uma boa mastigação pra você?
Hehehe... Eu acabei de falar sobre isso, mas sendo mais específico, eu me policiava para mastigar 20 a 30 vezes por bocado. Hoje eu não conto mais. Depois de entalar umas tantas vezes, você percebe o tamanho máximo que você pode engolir sem riscos. E isso é BEM PEQUENO. Basicamente, o número de vezes depende do tipo de alimento. Vai comer Moela de Frango? Prepare o queixo... Carne seca? Mais ainda! Como deve ser uma boa mastigação? Mais lenta do que eu faço hoje. Não seja ansioso como eu. Mastigue mais um pouco. Tá tudo líquido? então mastigue mais umas 5 vezes só pra garantir. Quem me dera se eu fosse paciente assim... Mas eu até que melhorei MUITO.

6. Antes da cirurgia você teve que emagrecer? Se não teve emagreceu só com algumas mudanças sugeridas pela nutri?
Eu não tive que emagrecer, mas eu emagreci 4kg com a reeducação. Putz, eu preciso parar de responder as coisas antes de me perguntarem, eu sou muito chato, né?

7. Algo de interessante que você gostaria de contar sobre suas sessões de Nutri e Psico?
Hmmmmm... Eu penso que as sessões de psicóloga são beeeeeem particulares, e só se aplicam se forem trabalhadas individualmente. Assim, não acho que uma experiência que eu tenha tido possa ser muito relevante para outro futuro cirurgiado. É sério, não é preguiça/sonegação de informação não!

Quanto às sessões de nutricionista, o maior conselho que eu posso oferecer é: Não deixe o medo superar a sua determinação. Ela está ali pra informar tudo o que pode acontecer de bom e de ruim. Isso não significa que você vai ter dumping, ou que vai passar mal só de ver um bolo de chocolate. E se acontecer de você ter dumping, as suas sessões de psicóloga estão aí pra isso: Substitua os prazeres que te fazem mal por prazeres que fazem bem. Ao invés de comer um chocolate, vai dar um mergulho, ganhar um abraço, dizer que ama. Sei lá, a vida é bela com menos doces!

8. Você acha que a Cris passa no exame psicotécnico para a cirurgia?
Ah, Cris, até eu, ansioso e descompensado que sou, passei, pô! Qual é a dificuldade que você tá esperando ter?

Relaxa e curte. E aprende bastante que essa hora é importante.

Abraços

Té mais

2 comentários:

  1. Até já comentei no Oscar..
    Vamos puxar tua orelha..pára de achar que tu não cabe nos requisitos!
    hahahahaha
    Beijão lindona

    ResponderExcluir
  2. Oi Cris é primeira vez que visito o seu blog e a primeira impressão não podia ser das melhores. Simplesmente amei o layout com a Audrey.
    Eu também estou na faze de passar pelo psicologo para me liberar para cirurgia, essa ideia de entrevistar a galera que ja fez foi otima. Esta me ajudando bastante... Voltarei mais vezes por aqui.

    ResponderExcluir